Olá treinadores, bem-vindos à Delta Pokémon.

       E ai galera, minha primeira matéria de 2017 vem de uma ideia maluca que surgiu nos League Cup’s dos Estados Unidos. A fusão de dois decks concorrentes, que pode ser a salvação para aqueles jogadores de metagame que não gostam de gastar muito nas cartinhas.

      Alguns dias atrás um jogador americano venceu um League Challenger usando uma variação de Vespiquen com Greninja (XY, nº 41) no formato Expanded. Isso foi o suficiente para que outros jogadores tentassem adaptar o deck ao formato standard, e no último fim de semana tivemos uma incrível surpresa com Bruno Cunha alcançando o top 8 do League Cup da Meruru, com sua versão de Ninja / Vespa (ou Vespa / Ninja).

 

A LISTA

GRENINJA BREAK / VESPIQUEN

Pokémon (26)

3x Greninja Breakgreninja-break-breakpoint-bkp-41
4x Greninja
4x Frogadier
3x Froakie
3x Vespiquen
3x Combee
3x Unow
2x Klefki
1x Shaymin-EX

Trainer (23)

2x Professor Sycamore
2x N
1x Brock’s Gritvespiquen-ancient-origins-aor-10
1x Lysandre
4x VS Seeker
3x Trainer’s Mail
4x Ultra Ball
3x Level Ball
1x Faded Town
2x Parallel City

Energia (11)

4x D.C.E
7x Water Energy

 

greninja-break-vespiquen

 

        O grande segredo desta lista é sua força de ataque no mid e late game. Tanto Greninja quanto Vespiquen são excelentes atacantes nesta fase do jogo e, quando combinados, podem trazer uma enorme dor de cabeça ao adversário, que vai precisar se preocupar muito com ambos os atacantes.

     Não vou falar muito sobre Greninja ou Vespiquen, pois ambos já foram várias vezes explorados aqui na Delta (em matérias como Vespiquen / Night March; Vespiquen / Flareon; Vespiquen / Zoroark; Greninja Break / Octilery; Greninja Break / Seismitoad EX). O que eu quero falar é do porque compensa unir este dois Pokémon em um único deck.

       Decks de Vespiquen sempre utilizam muitos Pokémon e isso, por si só, já requer abrir mão de muitos recursos, porém,greninja-breakpoint-bkp-40 costuma ter um bom early game e boa aceleração. Decks de Greninja também consomem muitos slots com Pokémon, costumam ter um péssimo early game e um setup relativamente lento, porém levam grande vantagem quando estão na sua última evolução, conseguindo ser um excelente sniper com sua habilidade, bloquear habilidades do adversário, crescer seu dano base e voltar energia pra mão. Além disso, ambos acabam atacando forte com 1 energia (1 D.C.E no caso de Vespiquen) e tem recuo zero.

     Mas porque usá-los juntos? Vespiquen pode acabar sendo muito instável devido à necessidade de se ter muitos Pokémon na pilha de descartes, e, nesse ponto a habilidade de Greninja Break faz total diferença para se obter aquele nocaute em um Pokémon-EX com Fight Fury Belt. O primeiro ataque da vespa também se torna muito importante para manter a mão sempre cheia de recursos, principalmente por que usamos pouquíssimos suporter’s de compra e Garbodor pode travar Shaymin-EX e Unow’s, tornando o ataque Intelligence Gathering o único meio de comprar cartas extras.

    Dessa forma, mesmo com um começo ruim, você pode optar por começar com Vespiquen e usá-la para acelerar seu jogo até que você monte um ou dois Greninja’s. Enquanto os Greninja’s causam dano e atrasam o jogo do adversário, você consegue montar outras Vespiquen’s, que causarão muito dano e conseguirão trazer o jogo ao seu favor.

      Começar com Greninja te traz ainda mais vantagens, pois torna as vespas ainda mais avassaladoras no final da partida.brocks-grit-evolutions-evo-74 Porém, sem as Dive Ball’s, colocar Greninja’s em campo se torna uma tarefa árdua, te colocando na situação de começar bem com Shaymin-EX e Unow’s para que você tenha recursos na mão para buscar Frogadier, Greninja e energias. Outra vantagem de se ter Vespiquen no deck são nas mirrors de Greninja, com as vespas você é capaz de vencer o jogo antes que o oponente consiga montar seu campo.

      Agora que falei um pouco das vantagens de se usar estes dois Pokémon juntos, vou expor os problemas desta união. Para começar eu preciso ressaltar os problemas de draw da lista, basicamente eles são poucos, porém não conseguir usar Shaymin-EX ou Unow pra comprar mais cartas no começo do jogo te coloca em uma situação de derrota eminente, comprando cartas mortas por vários turnos.

       O segundo grande problema da lista está na recuperação de Pokémon/Energia. Para que Greninja Break se torne eficaz é importante que você mantenha sempre 3 a 4 Water Energy na mão, fato que se torna extremamente complicado no mid/late game devido à necessidade de se acelerar o deck para montar seu setup. Brock’s Grit é a única forma de recuperar suas energias e seus Pokémon, sendo um supporter, ele sempre lhe deixa naquela situação ruim de escolher entre usá-lo para recuperar cartas ou usar outro supporter para comprar mais cartas.

       Outro problema recorrente na lista é a falta de techs específicas, das partidas que joguei testando este deck,unown-ancient-origins-aor-30 sempre sentia necessidade de um item que me ajudasse a trazer o jogo ao meu controle. Ter apenas Ball´s na lista é muito útil para filtrar o deck e retirar Pokémon de lá para evitar o draw morto, o problema é quando o adversário da um Lysandre em um Pokémon sem energia pra ganhar tempo, ou desce várias energias especiais para aumentar seu dano. Nessas situações techs como Switch ou Escape Rope e Hammer’s, fazem muita falta, além claro de outras, como Energy Retrieval, Super Rod, Revitalizer

 

CONCLUSÃO

 

        Vou concluir este artigo com uma opinião pessoal sobre o deck. A ideia parece maluca a princípio, porém, é muito boa. O deck funciona muito bem, mas, como citei anteriormente, a lista é crua e precisa de ajuste, algumas techs fazem muita falta em determinadas partidas.

      Jogar com este deck não é nada fácil, ele exige que o jogador se mantenha concentrado na quantidade de recursos disponíveis o jogo inteiro (saber o que está no prêmio faz uma enorme diferença no seu jogo), ter controle da quantidade de Pokémon no deck e no descarte, além de quantas e quais energias você ainda tem, são fatores essenciais para sua vitória (mais do que em outros decks).

      Para quem gosta de jogar com Greninja Break, esta lista pode ser uma salvação para um deck que vem caindo no meta, pois você ganha a aceleração do deck de Vespiquen e mais um segundo atacante muito forte para dividir a atenção do adversário. Para aqueles que jogam mais com Vespiquen, podem não gostar muito dessa variação, pois o deck se torna mais lento e muito mais técnico.

    Com relação ao meta, este deck pode surpreender muito em um primeiro momento, devido ao fato de dividir a atenção do oponente entre dois grandes atacantes, mas é uma situação que ele será capaz de contornar rápido, apenas prestando a atenção nas suas jogadas e no seu estilo de jogo. Para quem optar por usar Greninja/Vespiquen, terá a seu favor a variabilidade da lista, é possível explorar ambos os atacantes dependendo do adversário que se enfrentará.

     Até a próxima!!!

 

doacao

 

paypal                       pagseguro

Anúncios