Olá treinadores, bem-vindos a Delta Pokémon.

            O Europe Challenger Cup, que foi disputado nos dias 20 e 21/02, foi o primeiro grande torneio no mundo a ser jogado no Formato Standard. Como já era de se esperar, uma variedade enorme de decks tentou se sobressair sobre os decks do meta e ganhar destaque a nível mundial, porém o top 8 foi composto por 7 decks muito conhecidos dos player’s competitivos e por este deck que fez sua estreia nos top’s de um grande torneio.

            O jogador do Reino Unido Scot Symonds, conseguiu alcançar um incrível 3º lugar com seu deck de M.Mewtwo-EX que, apesar de ser uma carta forte, ainda enfrenta muitos problemas para se adaptar ao metagame. Com uma boa aposta contra o meta e com um pouco de sorte, Symonds se deu muito bem e por pouco não chegou a final. E antes de começarmos a falar sobre este deck, vamos conhecer a lista de Scot Symonds.

A LISTA

M.MEWTWO-EX

Pokémon (11)

4x M.Mewtwo-EXm-mewtwo-ex-breakthrough-bkt-64
4x Mewtwo-EX
2x Shaymin-EX
1x Hoopa-EX

Trainer (39)

4x Professor Sycamore
2x Lysandre
2x Hex Maniac
1x Skyla
1x AZ
1x Ace Trainer
1x Pokémon Center Lady
4x VS Seekermewtwo-ex-breakthrough-bkt-62
4x Trainers’ Mail
4x Ultra Ball
4x Mega Turbo
4x Mewtwo Spirit Link
2x Battle Compressor
1x Float Stone
1x Town Map
3x Shrine of Memories

Energia (10)

4x D.C.E
6x Psychic Energy

 

M-Mewtwo Ex

 

 

              A estratégia desse deck é baseada na forma de jogar que se tornou muito popular no Pokémon TCG Online, usando o estádio Shrine of Memories para que se possa usar os ataques do Mewtwo-EX, mesmo depois de mega evoluí-lo. O ataque Psychic Infinity do M.Mewtwo-EX é muito forte, porém não aplica fraqueza a seu dano, o que exige que esse pokémon use muitas energias para conseguir nocautear até mesmo pokémons com fraqueza para seu tipo. Shrine of Memories te dá a possibilidade de usar o ataque Shatter Shot, te ajudando a nocautear facilmente pokémons com fraqueza para psíquicos, e contra pokémons que não consigam causar altos danos em um único ataque, você poderá usar Damage Change para trocar os danos do seu M.Mewtwo com o pokémon defensor, muitas vezes curando seu pokémon e nocauteando o oponente.

     Shrine-of-Memories-Primal-Clash-139       Eu particularmente acho esta estratégia muito frágil, qualquer player com um pouco de experiência de jogo e com deck que capaz de causar danos altíssimos consegue contorná-la facilmente, causando danos médios para evitar o ataque Damage Change, antes de causar um grande dano para nocauteá-lo. Mas contra o meta do torneio, usar M.Mewtwo-EX foi uma sacada de mestre.

          Como todos os jogadores esperavam enfrentar muitos Night March’s, o meta europeu se preparou para combatê-los, assim muitos decks de Entei’s, Vespiquen’s, Seismitoad-EX e vários outros deck que usam Bats tiveram forte presença neste torneio. Todos esse decks são fortes contra Night March, por causarem danos rapidamente (ou com habilidades, no caso de Bats), por obrigarem o oponente a nocautear muitos pokémons para ganhar o jogo e, no caso de Seismitoad-EX, travar toda a aceleração do deck, mas todos eles têm a desvantagem de não conseguirem causar danos muito altos constantemente. Pensando assim e se arriscando, Scot Symmonds apostou na estratégia de Shrine of Memories / Damage Change, conseguindo um excelente resultado.

     mega-turbo-roaring-skies-ros-86      A lista de Scot é muito direta e voltada a aceleração de M.Mewtwo-EX, a vantagem de jogar com decks assim, é que se consegue identificar rapidamente quais cartas foram para o prêmio e assim planejar sua estratégia para os próximos turnos. A lista conta apenas com M.Mewtwo-EX como atacante, toda a estratégia e voltada para que você consiga atacar forte já no segundo turno, com linhas de 4 Ultra Ball’s, Trainer’s Mail, Spirit Link’s e Mega Turbo’s, além de Hoopa-EX, para trazê-los rapidamente para sua mão.

       Com essa aposta certeira contra o metagame, Scot Symonds teve um caminho tranquilo durante as rodadas do suíço, se classificado entre os 4 mais regulares. Nas quartas de final, também não teve problemas para passar por Manectric-EX / Bats, já que os Manectric’s causam no máximo 140 de dano com Muscle Band, facilitando bastante para M.Mewtwo. Mas nas semi-finais Scott não teve nem chances contra o Night March do campeão do torneio Medhi Hafi, a fraqueza é mortal para este deck e Pumpkaboo consegue nocautear os M.Mewtwos sem nenhum esforço, encerrando a jornada de Scot Symonds e seu M.Mewtow-EX com um honroso 3º lugar no Europe Challenger Cup.

Até a Próxima!

M.Mewtwo Y 1

 

O TOP 8 DO EUROPE CHALLENGER CUP FICOU ASSIM:

 

1- Medhi Hafi (França) – Night March

Night March -Milotic ECC

2- Philip Schulz (Alemanha) – Seismitoad-EX

Seismitoad Ex

3- Scot Symonds (Reino Unido) – M.Mewtwo-EX

M-Mewtwo Ex

4- David Roodholf (Holanda) – Seismitoad-EX / Giratina-EX

Seismitoad Ex - Giratina Ex 4

5- Martin Guilbert (França) – Manectric-EX / Bats

Manectric Ex - Bats 5

6- Tomao Cameron (Reino Unido) – Manectric-EX / Bats

Manectric Ex - Bats 6

7- Niklas Lehnert Rappel (Alemanha) – Seismitoad-EX / Giratina-EX

Seismitoad Ex - Giratina Ex 7

8-  Marc Lutz (Alemanha) – Manectric-EX / Bats

Manectric Ex - Bats 8

 

donates 1

Anúncios