Por Luigi Gomes

           Antes de mais nada, gostaria de me apresentar!
Meu nome é Luigi Gomes, sou jornalista, e tive meus primeiros contatos com Pokémon em 1998. De lá para cá, nunca consegui me livrar dessa mania, e por isso decidi dividir esse conhecimento!
Agora chega de lero-lero, e vamos começar com essa aula aê!


Pra quem não sabe, a franquia Pokémon nasceu no Japão, no ano de 1996, com o lançamento das famosas versões Red & Green, para o portátil Game Boy. De lá para cá, o sucesso estrondoso que os jogos, o anime e os produtos relacionados alcançaram fizeram com que o mundo de Pokémon fosse se expandindo sem parar.

O jogo de cartas foi lançado no Japão também em 1996, com a primeira coleção, chamada de Base Set.

    mew_by_elfaceitoso   Naquela época só existiam 7 tipos de Pokémon (contra os 11 que existem hoje): Planta, Fogo, Água, Elétrico, Psíquico, Lutador e Incolor. E todos os Pokémon presentes eram parte dos 150 primeiros (uma curiosidade é que o Mew, por ser considerado um pokémon “secreto” nos jogos, nunca saiu como carta integrante de uma coleção durante muito tempo. Só haviam cartas de Mew promocionais).

          Essa série possuía 102 cartas, todas desenhadas por um dos 3 principais ilustradores de Pokémon: Mitsuhiro Arita, conhecido por criar novas situações para os pokémon retratados; Keiji Kinebuchi, mestre da computação gráfica, que ilustrava os Pokémon em 3D, e criou os símbolos de energias; e o grande Ken Sugimori, que é um dos criadores de Pokémon, e que faz os desenhos oficiais de todas as espécies.

sugimori

        Aqui acima podemos ver 3 ilustrações do Ken Sugimori. Como ele fazia (e faz até hoje) os concept-arts dos Pokémon, para as cartas ilustradas por ele, simplesmente foram pegos os próprios concept-arts e jogados em fundos “nada-a-ver”, hauhauah.

kinebuchi

          Já aqui acima podemos ver as ilustrações do Keiji Kinebuchi. Infelizmente, para a época, a tecnologia 3D não era tão boa quanto hoje, por isso os desenhos se limitavam a formas simples, texturas e jogos de iluminação.

arita

      E aqui nós temos o meu preferido dos 3, o Mitsuhiro Arita. Os desenhos dele são excelentes, porque ele simplesmente criava novas cenas com os Pokémon. O único defeito das artes (que pode fazer com que alguém pense que eram mal-desenhadas), era a falta de técnica na arte-final da época, o que foi resolvido com o passar do tempo. Em Stormfront(no ano de 2010), os ilustradores foram convidados a redesenhar algumas cartas clássicas, e com a arte final dos dias de hoje, as cartas ficaram magníficas, como o Charmander abaixo, que vocês podem ver.

Charmanderes         Depois do sucesso de vendas dos jogos e do anime, a Wizards of the Coast (empresa que fabrica o Magic e outros cardgames famosos) decidiu lançar o Pokémon TCG aqui no Ocidente, e os boosters e decks de Base Set chegaram nas lojas em janeiro de 1999. Entre as várias modificações que a Wizards fez no cardgame, foi a invenção dos números de coleção, como no Magic, que facilitam a vida do colecionador para organizar as cartas como num álbum de figurinhas, e também a alteração no fundo das cartas, como pode ser visto abaixo:

Fundos

         Como era a primeira coleção, as cartas de Base Set são cheias de erros, mesmo nas edições posteriores à primeira, como cartas com símbolos trocados, nomes escritos errado, fontes regulares no lugar de negrito, e coisas assim. Felizmente, a partir da próxima coleção, Jungle, esses erros praticamente desapareceram. Entretanto, essas cartas impressas com erros, conhecidas como “misprints” são muito valiosas, chegando a alcançar somas espetaculares em leilões na internet!

Pra terminar, um fato interessante é que vários Pokémon que aparecem em Base Set não possuem suas evoluções dentro da coleção. Entre os Pokémon ausentes, estão o Dragonite, Dodrio, Gengar, Pidgeot, Sandslash, Butterfree e Hypno, que apareceram nas coleções seguintes, Jungle e Fossil.

Bom, o artigo ficou até que bem grande, mas espero que vocês tenham gostado! Deixo vocês com a imagem dos boosterpacks ocidentais, com Charizard, Venusaur e Blastoise (tenho os 3 packs) e o raríssimo pack japonês, que nunca nem vi o cheiro, até hoje, ahuahuaha.

Packs USA

Pack JP
Um grande abraço, e até a semana que vem!

Matéria Publicada Originalmente em Pokémon Lecture.Blogspot

Anúncios